Making my dreams come true

I belive I can fly ♪

I GOT MY VISA!!! 14/07/2012 02:30 PM

Filed under: Dicas,Visto — Nessa Riani @ 14:30
Tags: ,

Viram que rápido? Sem nenhuma tensão, sofrimento. Vantagens de abandonar o blog por mais de 5 meses! :P

Eu queria marcar meu visto pra primeira semana de Abril, que aí não ficava muito antes da data de embarque, mas me dava um tempo bom pra tentar de novo caso desse errado e pra organizar tudo com calma pra viagem. Mas, porém, entretanto, contudo, eu sou meio ‘reservada’ (não é essa a palavra, mas não consegui achar outra). Não gosto de fazer as coisas com todo mundo sabendo, gosto de contar depois que tá tudo resolvido e já tava puta que minha mãe tinha contado do meu match pra meio mundo, sendo que eu só ia contar depois que tivesse o visto, entãaaaoo eu menti. Sim, menti. Falei pra todo mundo que ia marcar no início de Abril, que dava pra marcar pra mesma semana (o que é verdade) e marquei pro dia 29/03, assim ninguém ficou me perguntando nada. Só contei pros amiguíneos do twitter, que não tem contato nenhum com a minha vida real (não tinham na época) e foi todo mundo um bando de fofo que ficou me mandando sms e tweets no dia de manhã.

Sem dúvida alguma, dia 29/03 foi um dos melhores dias da minha vida! Mas aqui só vou contar um dos motivos, o que interessa.

Meu visto tava marcado pras 11h. O trânsito do Rio de manhã é uma merda, então planejei acordar umas 8h pra tomar banho e tomar café com calma porque eu sabia que não ia almoçar tão cedo, e sair de casa NO MÁXIMO 9h, que aí eu chegaria no consulado umas 10 e pouca e eu ainda tinha que imprimir a confirmação do DS (eu só tinha conseguido imprimir em jato de tinta, mas queria imprimir a laser pra garantir).

Lembro que tive um estressezinho na noite anterior, mas não lembro o que era, só que fui deitar cedo e morrendo de dor de cabeça. Tomei remédio e quem disse que eu dormia? Rolei na cama por horas até que, no meio da madrugada, eu disparei a mandar sms pra Talita (mesmo esquema do relato, viu?) que eu não sei MESMO como me aguenta! Enfim, ela conseguiu me tranquilizar um pouquinho e eu peguei no sono já devia ser mais de 4 da manhã e aí… perdi a hora! Acordei umas 8:45h, fiz tudo correndo, nem tomei café e saí de casa umas 9:20h. Cheguei na Cinelândia umas 10:45h, fui imprimir a folha ainda (sorte que tem lugar de impressão dentro da estação) e cheguei na fila do consulado 11h EM PONTO!

Pausa pra explicar meu não-nervosismo: eu ia tentar encontrar umas meninas, que eu conhecia do twitter, meio-dia não, não vou contar pra quê e no caminho pro consulado todas elas me ligaram pra desejar boa sorte, tanto pra conseguir o visto quanto pra conseguir sair a tempo, então essa já tinha se tornado minha maior preocupação.

Na fila do lado de fora, a mulher confere a confirmação de preenchimento do DS-160, a foto, o passaporte, a taxa SEVIS, o DS-2019 e o comprovante de pagamento do visto. Lembro que ela grampeou minha foto no passaporte e acho que foi só isso, mas não tenho muita certeza. Aí você entra, eles olham a bolsa, passa pelo detector de metais e entra numa espécie de galpão, direto em outra fila pro balcão onde você entrega todos os documentos que a mulher conferiu do lado de fora. Eu vi que um dos caras tava perguntando pras pessoas se a entrevista podia ser em inglês e, quem dizia que sim, eles colocavam um papel branco junto com os formulários e passaporte. Pra mim ninguém perguntou e nem deu papel, mas acho que foi por causa do tipo de visto, sei lá.

Aí te dão uma senha e você senta e espera. É meio aleatório, eles vão chamando conforme vão conferindo tudo e alguns demoram mais, então outros são chamados na frente, mas é só prestar atenção, eu esperei uns 10 minutos. Aí eles chamam, devolvem o passaporte com os formulários presos por um elástico (e é pra deixar assim) e você vai pra fila das digitais, que eu fiquei mais uns 10 minutos. Prestem atenção na hora de colocar os dedos porque as pessoas dos guichês ficam meio de saco cheio de ter que ficar corrigindo sendo que tem mil cartazes colados explicando como fazer: primeiro os 4 dedos da mão direita, depois os 4 da esquerda e depois os dedões juntos. E dali você já vai direto pra fila da entrevista.

Foi nessa hora que eu vi que eu realmente tenho probleminha! Todo mundo arrumado e meio nervoso na fila e eu de short e rasteirinha (juro!) olhando o relógio o tempo inteiro, louca pra acabar logo e sair dali. Chegou minha vez e eu fui com um velhinho que só falou uma frase em português e eu não entendi de primeira hahaha a entrevista foi toda em inglês e, como disse, só queria sair logo, então tava super segura nas respostas e o inglês saiu numa boa.

Vou tentar escrever a entrevista, mas já tem mais de 3 meses, então não vai sair igual.

Cônsul: Oi

Eu: Oi :) ~entreguei o passaporte e os formulários~

Cônsul: Qual o motivo da viagem? ~fiz cara de ‘ahn?’ e ele repetiu~

Eu: Vou ser Au pair

Cônsul: ~já começou a digitar sem parar~ Oh, where will you live?

Eu: Silver Spring – MD

Cônsul: That’s great! Have you ever travelled abroad?

Eu: No. This will be the first time.

Cônsul: Did you start college?

Eu: No, because I wasn’t sure what I wanted to study

Cônsul: Have you ever worked?

Eu: No

Cônsul: When you finished high school?

Eu, já de saco cheio, louca pra ir embora: In 2008

Cônsul: And what do you do since there?

Eu: I help my father (mentcheeeeeeera!)

Cônsul: What he works with? (nessa hora ele já tinha assinado o DS há anos-luz e num parava de falar)

Eu: He…

Cônsul, finalmente: OK, pay the sedex outside and have a nice day!

Eu: Thank you. You too :)

E eu saí do consulado umas 11:45h, peguei minha mochila e fui pagar o sedex (Correios fica na esquina do lado). Ah, guardem a senha que eles deram quando você entregou o passaporte (é a única que você recebe) que vai precisar dela pra pagar o sedex.

Enfim, eu nunca trabalhei de carteira assinada, só de baby-sitter pra umas famílias americanas, não fazia faculdade (eu fiz um tempo, mas larguei porque odiava e achei melhor não colocar isso), não tenho nada no meu nome, ou seja, porra de vínculo nenhum. Levei 320379182 documentos dos meus pais e não pediu nada!

Documentos que levei:

  • Extratos bancários atualizados referente aos 3 últimos meses (Conta corrente, poupança, investimentos, fundos).
  • Declaração de Imposto de Renda Completa com Recibo de Entrega Original, do último exercício.
  • Registro de Imóveis ou Escrituras de imóveis (se possuir)
  • Certificado de Registro de Veículo do solicitante ou da família.
  • Carteira funcional (CRM, OAB, CRC, CREA, se possuir ).
  • Certidão de casamento ou nascimento.
  • 3 últimos holerites, carteira de trabalho original e atualizada.
  • 3 últimos pró-labores, contrato social e última alteração contratual, Cartão CNPJ, I.R. pessoa jurídica completo.
  • Se autônomo acrescentar: declaração da empresa em papel timbrado informando que o passageiro presta serviços, incluindo dados da função, período e valor recebido mensalmente, declaração do contador informando os três últimos rendimentos, contrato de prestação de serviços.
  • 3 últimos contra-cheques de aposentadoria e/ou pensão.
  • Se proprietários de imóveis acrescentar: contrato de aluguel e recibos dos três últimos meses.
  • Declaração de suporte financeiro dos pais*

O que não pode esquecer de JEITO NENHUM:

  • Comprovante de pagamento da taxa do visto (do Citybank)
  • Passaporte
  • Foto 5×5 ou 5×7 (a minha era 5×5, caso queiram saber)
  • Página de confirmação de preenchimento do DS-160
  • DS2019
  • Comprovante de pagamento da taxa Sevis (a agência te manda)
  • Página de confirmação de agendamento (alguns pedem)

Quem usa óculos, NÃO tirem foto com ele! No site diz que não tem problema, mas eu vi gente na fila tendo problema com isso sim e não aceitaram. Melhor não correr o risco.

O passaporte com o visto chegou menos de 1 semana depois, mas eu não sei exatamente quando porque estava viajando.

Eu demorei tanto pra fazer o post que já mudou tudo, então se quiserem dicas, procurem alguém que tirou nesse novo esquema de 2 dias (eu super recomendo os posts da Alice, tão bem explicadinhos).

Beijos!

*Caso alguém queira, tenho esses dois modelos e levei o segundo (meu pai reconheceu firma da assinatura dele):

Eu, (NOME PAI), portador da cédula de identidade RG____________, portador do CPF_____________, declaro para os devidos fins que estarei custeando as despesas com o curso de Inglês na escola ______________, nos EUA, e passagens aéreas, de meu filho (NOME DO FILHO), portador da cédula de identidade RG___________, portadora do passaporte número __________, pelo período de ______.

Por ser verdade, firmo a presente.

_________, ____ de _________________ de 2010.

_____________________________________

NOME PAI

RG.____________

Cidade, Dia de Mês de Ano.

CARTA DE CUSTEIO

Eu, NOME DO SPONSOR, nacionalidade, estado civil, profissão, RG nº Número do RG, inscrito no CPF sob nº Número do CPF, residente à Endereço Completo e CEP, na cidade de Cidade – Sigla do Estado, DECLARO, para única e exclusiva finalidade de comprovação perante o CONSULADO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMERICA no Brasil, que a viagem de estudos (J1) presenteada à minha filha, NOME DA AU PAIR, portadora do Passaporte nº Número do Passaporte, RG nº Número do RG, CPF sob nº Número do CPF, residente no endereço acima indicado, à cidade de CIDADE E ESTADO QUE A AU PAIR VAI nos Estados Unidos da América, será totalmente custeada por mim, incluindo os custos de emissão do visto consular, inscrição no Programa Au Pair, gastos pessoais e seguro de viagem.

Sendo a verdade, firmo o presente em uma única via.

_____________________________________________

NOME COMPLETO DO SPONSOR – CPF DO SPONSOR

Anúncios
 

Host Family Letter 16/10/2011 03:15 PM

Filed under: Agência,Application,Dicas — Nessa Riani @ 15:15
Tags: , , , ,

Essa é uma das partes mais complicadas e chatinhas de se fazer, só perde pro vídeo pelo menos eu achei. Então vou contar como eu planejei e escrevi a minha.

Primeiro eu li a letter de váaaarias meninas e anotei algumas frases que gostei, depois peguei o roteiro do Manual da Au Pair Prática e do Au Pair Is…, li 300 vezes e montei o meu roteiro, que ficou, mais ou menos, assim:

1º parágrafo – Apresentação: falo meu nome, idade, onde e com quem moro e falo um pouco da minha cidade.

2º parágrafo – Família: falo um pouco sobre a minha família e o quanto são importantes pra mim.

3º parágrafo – Personalidade e Hobbies: falo um pouco sobre mim e o que gosto de fazer, incluindo crianças always.

4º parágrafo – Experiência: falo sobre todas as minhas experiências com criança.

5º parágrafo – Atualmente: falo sobre o que faço atualmente.

6º parágrafo – Por que quero ser au pair: falo o porquê e explico porque o programa é perfeito pra mim.

(more…)

 

iTep e CPI 08/10/2011 01:16 AM

Filed under: Agência,Application,Dicas — Nessa Riani @ 01:16
Tags: , , , , ,

.

Esse é o nome bonitinho do teste de inglês da APIA. Ele é dividido em 2 partes: listening e speaking.

O listening é constituído de 8 diálogos curtinhos e, no fim de cada, você responde uma pergunta. Depois tem um diálogo de 3 minutos e 5 perguntas sobre ele e um diálogo de 3 minutos e meio com mais 5 questões sobre. Cada etapa tem um tempo pra ser feita, não lembro direito, mas acho que os curtinhos tinha uns 3 ou 4 minutos pra responder as 8 questões, mas o tempo para durante o diálogo. Os maiores acho que eram 2 minutos e meio.

Depois vem o speaking, que são duas perguntas. A primeira você tem 30 segundos pra pensar e 45 pra responder, na segunda, são 45 segundos pra pensar e 1 minuto pra responder.

O teste dura em torno de 25 minutos.

Explicações dadas, vamos ao MEU teste.

(more…)

 

APP entregue 07/10/2011 11:27 PM

.

Ontem eu, finalmente, consegui entregar meu application.

Desde que eu peguei minha CNH estou ansiosa pra isso, mas tinha errado na hora de escrever a tradução em um childcare form, então tive que imprimir outro, preencher e mandar pra minha referência assinar e me mandar de volta porque ela mora em BH. O problema foi: CORREIOS EM GREVE! Ela me mandou o form assinado faz 2 semanas e até hoje não chegou. E eu com TUDO pronto, só esperando esse bendito formulário pra entregar. Eu tava tão ansiosa que toda hora ia lá no site e mudava uma coisinha, aí depois voltava e “desmudava”.

Eis que, quinta-feira passada, em uma conversa no MSN, a Ray me pergunta o que faltava, eu respondo e ela me diz que A TRADUÇÃO NÃO PRECISA DA ASSINATURA DA REFERÊNCIA. Só pode ser sacanagem, né? Ela falou que nenhuma das referências dela assinaram a tradução e ela já tá online. Na mesma hora mandei um e-mail pra minha agente contando tudo e perguntando se era verdade, e ela me respondeu que era, eu podia assinar a tradução. Que vontade de bater em todo mundo! 2 semanas esperando a toa. Mas isso já era na sexta e eu trabalho segunda de manhã, então combinamos de eu ir entregar na terça porque de manhã é melhor.

Na terça eu acabei não podendo ir e remarcamos pra quinta, porque quarta eu também trabalho de manhã. E aí, quinta-feira, ontem, dia 06/10, Murphy resolveu dormir até mais tarde e me esqueceu, então eu consegui ir entregar o app. No fim das contas minha referência imprimiu o form lá, assinou e mandou pelo meu primo, que mora em BH e veio pro rock in rio, e eu consegui levar com a assinatura dela mesmo.

(more…)

 

Expert Au Pair 01/10/2011 08:15 PM

Filed under: Agência,Dicas — Nessa Riani @ 20:15
Tags: , , , , ,

.

.

A Expert Au Pair é uma das agências autorizadas pelo governo americano a trabalhar com o programa de Au Pair óbvio. É uma agência pequena ainda, não atende a muitos lugares nos EUA e tal, mas eu super recomendo se inscrever nela, como segunda opção ou que seja só pra treinar, por alguns motivos.

  1. Você só paga alguma coisa depois que tem o match, o que significa que não se tem absolutamente nada a perder.
  2. O application é super simples de preencher, sem muitas exigências.
  3. O aceite é praticamente imediato.
  4. Não precisa entregar as referências e o medical form antes do aceite, só tem que entregar antes do match oficial.
  5. Até onde eu sei, as referências podem ser preenchidas em português. Eu, particularmente, fiz o mesmo esquema da APIA: pedi pras referências preencherem em português e assinarem um form em branco, onde eu traduzi depois.
  6. Não precisa de CNH! Obviamente, fica mais difícil achar família sem uma, mas não é impossível.
  7. Todas as meninas que foram por ela dizem que é o melhor treinamento do mundo. Pelo que contam, parece mesmo.

(more…)

 

Vídeo 22/09/2011 08:41 PM

Filed under: Agência,Application,Dicas — Nessa Riani @ 20:41
Tags: , , , , ,

E é com muita vergonha que venho fazer esse post!

.

Na Experimento/APIA minha agência o vídeo é obrigatório. Sei que em algumas é opcional, mas acho que é super importante fazer porque a maioria das famílias assiste os vídeos primeiro – até porque é muito mais fácil do que ficar lendo um milhão de cartas gigantescas (vou fazer um post sobre a letter também) e dá pra ter uma noção do inglês – e depois procura o dossiê das que gostou pelo menos eu acredito que seja assim.

(more…)

 

CNH e News 07/09/2011 04:50 PM

.

                                                 Olá pessoas!

Vou começar com uma “dica” pra quem está tirando CNH e acaba ficando desanimado com o application: É NORMAL! Eu também estava assim, mas, de verdade, façam o máximo de coisa possível porque eu fiquei deixando um monte de coisa pra depois e agora tô agoniada de ainda ter várias coisas pra fazer. Tá que eu achei que ia demorar um pouco mais pra minha carteira ficar pronta, então eu resolveria enquanto isso, mas não! Se tem uma coisa nesse Detran do RJ que é rápido, é a expedição (?) da CNH.

Pois é, esse post é pra contar que eu já peguei a minha e foi TÃO emocionante *-*. Eu peguei sexta passada (dia 02/09), 3 dias depois do exame. Isso mesmo, TRÊS DIAS. Depois do exame meu instrutor ficou com o papel da aprovação pra dar entrada no pedido da carteira, e eu podia pegar o papel a partir de quarta-feira, mas eu só fui na quinta. O cara da auto escola que me entregou o papel falou pra eu ir no Detran na sexta que já devia estar pronto e eu fui, sem acreditar muito, e não é que tava pronto mesmo? Olha que coisa mais linda ignorem a foto, please!

(more…)